..Bem vindo ao mundo invertido, surreal, abstrato e desconexo que surge a partir desta realidade imaterial.. cada vez mais invertido, surreal, dadaista,expressionista, abstrato, desconexo e subversivo, com muito orgulho disto..

28 abril, 2010

Diario de um perdido #2


Então mais um dia neste mundo cinzento, vou tentar escrever de maneira mais “solta” desta vez, uma amiga minha disse que minhas palavras fluíam melhor assim, sabe como é, escrever sem se importar com oque você escreve, apenas deixando tudo ir ao seu fluxo continuo de lógica e razão.

È fim de tarde, quase noite, e estou aqui contemplando o clima e tentando limpar a mente de coisas banais, apesar de ser oque mais me vem á mente agora, é curioso como tentar não pensar em algo nos traz este “algo” à mente, tentar fugir disto é o primeiro caminho que vem logo em seguida, mas se você já trilhou esta sensação antes sabe que para você conseguir transpassar tem que vencer esta linha de raciocínio, passando disto chegarmos aonde desejarmos em nossa mente.

Acho que estou chegando à liberdade de palavras que esperava, ou melhor, nem sabia oque esperar desta tentativa, eu ia dizer sem sentido porem, o sentido é algo meio relativo ao que você considera importante em sua existência, se não tivesse esta importância não seria usado como base para as outras coisas serem planejadas, bem apenas uma conclusão rápida proveniente deste exercício mental.

Vamos ao que interessa, creio que você começou a ler isto para tentar compreender, interpretar, conhecer e talvez querer roubar um pouco da minha mente, quem sabe até esteja por aqui perdido, apesar de eu duvidar bastante desta ultima possibilidade, oque implicaria em você ter um interesse em repassar oque você achou interessante no mínimo para outros usando sua pessoa como criador ao invés de mim, blá, blá e mais blá, apenas mais um mergulho no mundo das possibilidades infinitas que nos cercam, eu tenho um "probleminha" em foco quando paro para tentar expressar meus pensamentos.

É realmente quase impossível conseguir expressar um pensamento completamente, como dizia um antigo filosofo (estou com preguiça de escrever o nome dele agora), nó neste mundo estamos fadados a apenas fazermos copias mal feitas das perfeitas idéias á que nossas mentes estão ligadas, seguindo esta linha de raciocínio podemos confirmar isto exemplificando nossos sentimentos, pensamentos abstratos, sensações, medos, tudo que na nossa mente parece tão claro, quando vamos por para “fora”, tentar nos expressar no final não sai como queremos.

Até um artista, tem de treinar anos para conseguir fazer uma obrar que satisfaça quase que completamente a idéia original que estava em sua mente, claro que muitos podem crer que aquela obra esta perfeita, mas quem faz arte sabe que nunca esta como imaginou, em nossas mentes tudo fica tão mais “possível” quando mergulhamos e deixamos os braços da mente formar por nossas mãos carnais.

Enfim para finalizar este post, lhes dou um simples FIM.

Um comentário:

Shaw Morrison disse...

kkkkkk Meu Deus a filosofia do pensamento onde mesmo vc quer chegar? no filoso que vc esqueceu o nome? ou no que as pessoas poderia ligar-se ao seus pensamentos? pensamento são livre por que ?
Bom penso que vc ainda pode melhorar, porem já ta ficando bom aushauhsau... aliás como é mesmo o nome do filoso?