..Bem vindo ao mundo invertido, surreal, abstrato e desconexo que surge a partir desta realidade imaterial.. cada vez mais invertido, surreal, dadaista,expressionista, abstrato, desconexo e subversivo, com muito orgulho disto..

27 abril, 2010

Chimpanzés e Morte


Vejam o vídeo em:

http://www.uai.com.br/htmls/app/noticia173/2010/04/27/noticia_tecnologia,i=157354/VIDEO+MOSTRA+CHIMPANZES+REAGINDO+COMO+HUMANOS+A+MORTE.shtml

Publicaçãoo: 27/04/2010 14:28
Um vídeo feito a pedido de cientistas britânicos mostra que um grupo de chimpanzés teve reações semelhantes às que seriam esperadas de pessoas quando um membro do grupo de primatas morreu.
As imagens foram gravadas por funcionários de um parque de safáris na Escócia a pedido de cientistas da Universidade de Stirling.
Os funcionários do parque usaram câmeras para documentar a morte da fêmea Pansy, que teria mais de 50 anos de idade e estava em estado terminal.
Os chimpanzés acariciaram e arrumaram Pansy e ficaram tristes por vários dias depois da morte, evitando o local onde ela morreu e passando mais tempo se tocando.
Quando Pansy ficou letárgica nos dias que antecederam sua morte, outros membros do grupo ficaram mais quietos do que normalmente e se mantiveram ao lado da fêmea doente durante as noites, a acariciando mais do que costumavam fazer antes.
Após a morte, a filha de Pansy ficou perto do corpo por uma noite inteira, apesar de nunca ter dormido naquele local antes.Assista ao vídeo de Corpos de filhotes.

Outro vídeo mostra um chimpanzé jovem brincando com o corpo mumificado de um filhote, antes de a mãe do animal morto puxar o cadáver para si.
O estudo, coordenado por cientistas da Universidade de Oxford, mostrou que duas mães vivendo em seu habitat natural na Guiné carregaram os corpos de seus filhotes, uma delas por quase dez semanas.
Segundo os cientistas que realizaram ambos os estudos, os resultados mostram que outras espécies, principalmente os macacos, são mais parecidos com os humanos do que se pensava.
Chimpanzés e seres humanos dividem 99% de DNA e são tão similares que alguns acadêmicos já sugeriram que os animais deveriam receber direitos semelhantes aos direitos humanos.-----------------Chimpanzés percebem a morte como humanos, indica pesquisa, Animais acariciam companheira moribunda e buscam sinais de vida; filha passa a noite com o corpo27 de abril de 2010 | 14h 31Uma rara gravação em vídeo feita numa reserva de vida silvestre mostra que os chimpanzés reagem à morte de um membro do grupo da mesma forma que seres humanos quando o morto é um parente próximo, anunciaram cientistas na segunda-feira.
Vídeos do experimento (do site da Current Biology):
Movie S1 (MOV 8336 kb) Movie S2 (MOV 5123 kb) Vídeos de um grupo de quatro chimpanzés no Parque de safári e Aventura Blair Drummond, na Escócia, mostram três chimpanzés acariciando e penteando outro, uma fêmea moribunda, mais do que seria normal, disse o professor de psicologia James Anderson, da Universidade de Stirling.
O vídeo também mostra que os três chimpanzés testaram a fêmea, Pansy, em busca de sinais de vida após o momento da morte, disse Anderson. A filha de Pansy ficou junto ao corpo da mãe durante toda a noite, e todos os chimpanzés se mostraram abatidos nos dias seguintes.
"Esta é a primeira vez, até onde sabemos, que pessoas conseguiram registrar em vídeo o momento exato em que um chimpanzé adulto morre em meio ao grupo a que pertence", disse Anderson, coautor do estudo sobre o caso, publicado na edição desta terça da revistaCurrent Biology.
Pesquisadores nunca haviam sido capazes de observar a reação dos chimpanzés à morte na natureza porque o animal moribundo normalmente se isola e busca um esconderijo, disse Anderson. E, em zoológicos, animais doentes são segregados e submetidos a eutanásia.
No caso escocês, os funcionários do parque previram a morte e registraram o comportamento do grupo com câmeras de vídeo montadas sobre as plataformas onde vivem os animais.
Os três chimpanzés sobreviventes - que conviveram com Pansy por mais de 20 anos - reuniram-se ao redor dela e a acariciaram por dez minutos antes da morte. Quando ela morreu, inspecionaram sua boca e levantaram a cabeça e os ombros do corpo, para tentar sacudi-la de volta à vida.
os animais pararam de alisar os pelos de Patsy e se afastaram dela depois de confirmar a morte, mas a filha voltou e fez um ninho junto à mãe, onde se deitou para passar a noite.
"Creio que este vídeo mostra que os chimpanzés tinham consciência de que algo estranho havia ocorrido, mas outra pesquisa terá de ser realizada para determinar o quanto eles entendiam do que estava acontecendo", disse Alasdair Gillies, principal zelador do parque e outro coautor do estudo. "Estamos apenas abrindo o debate".
Os pesquisadores acreditam que o estudo sugere que os chimpanzés - cujo senso de empatia é conhecido - são mais semelhantes aos seres humanos do que se imaginava. "Temos o cuidado de evitar o antropomorfismo, mas ficou muito difícil não notar que algumas dessas coisas são extremamente parecidas com as reações humanas a indivíduos moribundos", disse Anderson.

___________________________

Bem, vemos aqui mais um ponto onde os seres humanos levantaram paredes para se esconder de sua proximidade com os animais, porem agora com este video temos uma visão bem mais apurada dos paralelos entre nossas raças.

Assim como muitos outros pontos de nossas vidas passam perto da vida deles a vida deles, alguns pontos da vida deles passam pela nossa, no fim somos todos animais nesta dança do caos.

O ser humano, a criatura mais Maravilhosa e superhiperavançada do universo, o homem /(¬¬)º

Nenhum comentário: