..Bem vindo ao mundo invertido, surreal, abstrato e desconexo que surge a partir desta realidade imaterial.. cada vez mais invertido, surreal, dadaista,expressionista, abstrato, desconexo e subversivo, com muito orgulho disto..

01 maio, 2010

Diario de um perdido #4


Dia entediante e cheio de cumprimentos de rotina, lavar, varrer, destruir sonhos, sabe como é, coisas normais de se fazer em um dia de sábado.

Não tenho muito para escrever sobre os outros dias que se passaram sem eu postar algo aqui no blog, embora também não me lembre muito sobre a maioria das coisas que se passaram nesses dias, enfim, pouco importa não é mesmo, no fim só importa é aquilo que se lembra e não o que se esquece.

Hoje fiz algumas coisas banais, brinquei com a minha cachorra, passei uns bagulhos no cabelo e fiz uns traços no papel, nesses últimos tempos tenho desenhado com bem mais freqüência que antes, acho que com essa coisa do blog eu tenho trabalhado de novo meu lado criativo e assim tenho de ficar extravasando minhas idéias do modo que dá na hora, não é?

Enquanto estava rabiscando no papel me veio em mente umas imagens de estilo neo surrealista,se bem que eu estava vendo alguns artistas na noite anterior, mas as imagens que vieram não tinham os traços dos artistas que eu havia visto no Google, mas sim os meus e nessa uma frase que havia dito para uma amiga brotou vibrante em minha mente “se eu fosse desenhar minha mente seria parecido com uma obra surrealista” e tão simples como um traço surge na mente a imagem que antes era meio desfocada agora tomava forma, ou melhor “formas”, não sei definir em palavras as características das imagens e duvido que iriam gostar de ler linhas e mais linhas sobre imagens dentro da minha cabeça, não é mesmo?

Sinceramente não sei o porquê eu escrevo essas idéias pela metade, mas fazer oque uma outra hora eu continuo.

Mas por hoje uma explicação rápida sobre a breve falta de post’s e um post pela metade.

Nenhum comentário: