..Bem vindo ao mundo invertido, surreal, abstrato e desconexo que surge a partir desta realidade imaterial.. cada vez mais invertido, surreal, dadaista,expressionista, abstrato, desconexo e subversivo, com muito orgulho disto..

02 maio, 2010

Diario de um perdido #6


Uma bela manhã, um dia que tem tudo para ser ensolarado, tarefas caseiras já divididas, o sono é compartilhado entre minha Irma e mais alguns milhões pelo mundo, nada melhor, tão tranqüilo e tão perturbador ao mesmo tempo.

A tranqüilidade me assusta, sei que muitas outras coisas me assustam mais que um simples momento de silencio, mas o a falta de barulho só frisa mais a ausência de algo acontecendo ou pior, mostra que eu não estou percebendo algo, entende? O silencio apenas expressa o quanto nossa percepção é falha, só mostra as nossas limitações naquele momento, talvez seja por isso que muitos gostam de fica no silencio para pensar, se isolando de tudo aquilo que podem perceber e se escondem dentro do que não compreendem, se aprisionando em uma ignorância invisível.

Tudo isto que eu disse quem sabe é apenas um conclusão sem lógica ou coesão verdadeira, mas ao menos por agora é tão fato quanto estas palavras estarem expressando oque realmente eu quero dizer.

Mais um post sobre um pensamento que não durou nem um instante, mas ao menos gravei ele em palavras para vocês.

Nenhum comentário: