..Bem vindo ao mundo invertido, surreal, abstrato e desconexo que surge a partir desta realidade imaterial.. cada vez mais invertido, surreal, dadaista,expressionista, abstrato, desconexo e subversivo, com muito orgulho disto..

03 agosto, 2010

Diario de um perdido #23



Tantas circunstâncias a ser consideradas a cada momento, racionalizar ou se deixar levar, perceber ou deixar o instante se perder, conhecer ou submergir na ignorância, as possibilidades que um simples pensar pode transfigurar em pura e simples irrealidade, ou na tão mais complexa realidade, que tantos se esforçam para descrever de forma crível e aceitável e que no fim acaba sendo mais incrível que a própria ficção.
Muitos ainda tentam se esconder atrás do mundo etéreo da letargia indolente, anulando mais do que seus sentidos cognitivos, mas sim sua própria existência, transformando-a em algo totalmente contrário à essência de sua criação, tornando-se inversamente proporcional á liberdade que lhe foi imposta pelo caos.
Triste pensar, melancólica razão que domina minha mente e minha vida, ter o conhecimento de perceber os demais se afogando em seu mar de apatia, meu imaginário ainda sonha com o negativo deste momento tão mórbido, mas é apenas uma criação minha, ou não?

18 comentários:

Naírla Silva disse...

Seu texto é bem refletitivo, dá pra parar pensar.. bjs

http://coposcheiosdevodkaerocknroll.blogspot.com/

greg disse...

As partes que eu entendi fazem sentido!! Ver as pessoas fazendo coisas que eu sei que faz mal a elas e nao poder ajuda´las causa muita angustia!!
mto bom
http://naosentindo.blogspot.com/

Karla Hack disse...

è na melancolia da alma que residem as maiores revelações e a beleza do lirismo pessoal!
;D

Milton G. Machado disse...

Antes de tudo, um comentário sobre os comentários de cima:
Minha nossa, como tem gente que acredita que vai conseguir alguma visita deixando um spam?
E agora, falando do post...
Cara, você escreve muito bem (e parece ser filósofo... acertei? na verdade, acho que todos somos um pouco).
E seu blog é muito bom, um visual legal e conteúdo de qualidade. Parabéns.

Zélio Marulo Jr. disse...

Na vida temos sempre que ter certeza de nossa convicções para na hora em que nos depararmos com nosso destino não nos perdemos da nossa realidade e busquemos sempre o que está ao nosso alcance. Reflexão imediata é a melhor saída.

abraço.

www.bloginoportuno.blogspot.com

Bons Ventos!!

Márcio - UNI9 CA VII de setembro disse...

Ta tenso aqui, acho que faltei muito nas aulas de filosofia... rsrs

abraço,

Gui disse...

Mt bom.. Refletivo, simples e objetivoo.. ;D

Sâmela disse...

Essa melancolia que domina não só a sua alma mas também a minha fazendo com que tudo que fazemos e falamos seja reflexo dessa tristeza da alma.

Rodrigo Celi disse...

viver é uma coisa rara, a maioria das pessoas apenas existe!!!

Adorei seu post, bela reflexão sobre a vida...
parabéns

Fany Moraes disse...

muito bom o testo parabens!

Lily disse...

Ou não.
"ter o conhecimento de perceber os demais se afogando em seu mar de apatia, meu imaginário ainda sonha com o negativo deste momento tão mórbido"
Acho que é o melhor texto que leio em MUITO tempo.
É triste ver a maioria, ao invés de procurar conhecer, permanecer na ignorância. Para ver, como uma escolha muda toda a vida. E a escolha de muitos pode mudar o mundo.

Beijos

G+ disse...

Viver é tão fácil e as pessoas tornam isso tão difícil.Ótimo blog, nos fazendo sempre refletir.


www.gabrieltododia.blogspot.com

Naírla Silva disse...

Te presentiei com um selo, é só pegar. Bjs

Aline Rojas disse...

Muito interessante o modo como vc descorre sobre as palavras!! Que texto hein, gostei do seu estilo de escrever.

http://realnovirtual.blogspot.com/

AnaCamla disse...

acho tão interessante como dias conflituosos nos trazem lindos textos !!
parabéns pelo blog.
abraços...

www.daqueelejeito.blogspot.com

Nando! disse...

Triste pensar, melancólica razão que domina minha mente e minha vida, ter o conhecimento de perceber os demais se afogando em seu mar de apatia, meu imaginário ainda sonha com o negativo deste momento tão mórbido, mas é apenas uma criação minha, ou não?


EU particularmente, acho que não!

Kurt Rafinha disse...

Bem, acho extremamente irrelevante dizer ou pensar no seu texto como: bom ou ruim, correto ou incorreto. Sua reflexão, sua filosofia, sua visão!
É sua idéia da vida de acordo com suas experiências vivenciadas, sua análise do existente/inexistente vinda de seu interior.

Resta-me dizer que, em tempos negros da Igreja, meu caro, você seria chamado de "filho do demônio" por contextar o sentido da vida e causar o mesmo
pensamento à terceiros! (risos)

Suzy Carvalho disse...

algumas pessoas preferem esconder-se no mundo tal como ele eh, pq ja esqueceram suas essencias no corre-corre do dia a dia, e resgatar isso parece ser mto trabalhoso pq eles horarios a cumprim =/

eh lamentavel ateh como as pessoas disperdiçam a vida