..Bem vindo ao mundo invertido, surreal, abstrato e desconexo que surge a partir desta realidade imaterial.. cada vez mais invertido, surreal, dadaista,expressionista, abstrato, desconexo e subversivo, com muito orgulho disto..

29 junho, 2013

Diarios de um perdido #44




(24/09/12)

de olhos fechados deixo o peso dos meus pensamentos pulsar em meus músculos, apenas marcando com a tinta da vontade tudo oque  ocorre dentro de mi em um rascunho frio e sempre incompleto em sua realização. tantas palavras pintadas em sons mesclados entre a ignorância e liberdade, se fazendo embebedar com aquela bela confusão de dores que sempre tenho ao rasgar a carne do comodismo enquanto bebo o sangue destilado de guerras ideológicas regadas pela noite boemia.
sei que a escuridão das pálpebras não trás calma, não me faz trazer aquele algo de que tanto falavam os jovens de ontem, hoje apenas sombras que aprenderam a não se por a luz de uma vida criativa, tao perdidos em sua subsistencia que os sistemas de percepção se adequaram ao paranóico modo vida humano viciado em prazeres subjetivamente egoístas.

ver as asas que se desprendem do que já foi dito ser bem mais do que um simples fazendeiro de ideias,sonhar em poder levar o fértil solo de um lugar a outro, dentro do prazo de plantio da ideia fora de seu ambiente pronto definido, perdido pelo abuso, dominância, prazer, morte,opressão, sangue em minhas mãos, sangue no papel, já posso ouvir os tiros, o fim esta próximo.


Nenhum comentário: