..Bem vindo ao mundo invertido, surreal, abstrato e desconexo que surge a partir desta realidade imaterial.. cada vez mais invertido, surreal, dadaista,expressionista, abstrato, desconexo e subversivo, com muito orgulho disto..

17 julho, 2013

Diarios de um perdido #51


(29/06/13)
eu chorei, derramei mais lagrimas olhando seu sorriso em uma imagem de meses atrás, enquanto voce respondia por educação algo sentimental e dificil de expressar. esses discursos, tão repetidos, fracos e melodramaticos, apesar de clichês dentro do meu cotidiano, sao tao reais. me arrependo do dia em que acreditei naquele primeiro amor de filmes, naquela fatidica tarde em que me iludi e me entreguei pela primeira vez nas mãos de outra pessoa, se não fosse aquela tarde talvez hoje nao fosse tao amargurado. quem sabe, talvez eu tivesse dado mais valor a esse sentimento lindo que é o amor e nao tivesse caido nesse mundo doentio de prazeres e suor, desrespeitado a mim e todo o mundo no carnaval sem sentido. agora eu sou uma mancha de dor e lembranças débeis do que em horas me pareceu um bom ópio para a desilusão amorosa. é tao sem finalidade que me espanto com essa sensação corrosiva que penetra meu estomago quando lembro dessa maldita que me jogou no buraco.
 por isso te amo tanto, você me trouxe para um mundo que eu nunca conheci antes, de sentimentos reais e duradouros, mas como sou um idiota ainda cai muitas vezes nas armadilhas do mundo de dor e solidao, o unico que conhecia até te encontrar. talvez tudo possa mudar, nao sou o centro do mundo e quero voce como sendo o centro do meu universo. te amo.

Nenhum comentário: