..Bem vindo ao mundo invertido, surreal, abstrato e desconexo que surge a partir desta realidade imaterial.. cada vez mais invertido, surreal, dadaista,expressionista, abstrato, desconexo e subversivo, com muito orgulho disto..

14 junho, 2014

Diario de um Perdido 58,5



Conheci uma Rosa, bela e azul


senti o seu aroma, brinquei com suas cores
lhe entreguei o meu sangue e abri o meu peito
deixei que suas sementes viessem até onde tudo era morto
ela cravou as raízes junto a minha carne, retirou meu pesar
me libertou dos medos, então começou a absorver para si toda dor
seu azul antes quente agora se tornava um vermelho frio que me queimava
a cada passo para o reino dos não vivos ela me sorria
 enquanto levava tudo embora
começou com a dor, 
agora levava a felicidade
 e era justo
a rubra rosa já não desejava ficar presa, 
ela voava
abandonava as lembranças 
as transformava em sementes
 que distribuía pelos ventos.

mas o corpo caído e com o peito aberto
 se tornou o solo para a mais bela semente 
que floresceu sozinha,
 sem medo de perder o que já havia sido roubado
apenas grata por poder observar 
sonhar com a rosa cheia de dor e felicidade
a rosa recém nascida
bela e azul

conheci uma rosa.

Nenhum comentário: